Acesso ao Site!

Use a barra superior para realizar o seu primeiro
login no site!

Sua mensagem foi enviada
com sucesso!

Logo entraremos em contato com você!

Sinduscon-RS

Área do associado

Fones

Ligue Agora:
Fone: (51) 3021-3440

Você esta:

Sinduscon - RSReforma da Previdência pode voltar à pauta no mandato de Temer

Reforma da Previdência pode voltar à pauta no mandato de Temer

voltar

08

Oct

Reforma da Previdência pode voltar à pauta no mandato de Temer

Postado em 08 d October d 2018
Destaque página inicial  Notícias  

No caso de apoio do presidente eleito, a Reforma da Presidência pode voltar à pauta ainda neste mandato, afirmou o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, durante reunião-almoço no Sinduscon-RS, realizada no dia 5 de outubro, que também contou com a presença do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro Silveira que ressaltou que, apesar da escassez de recursos no Governo Federal, as obras para melhorias da infraestrutura no País estão acontecendo. “Porém, precisamos do aporte do setor privado, por meio de concessões ou Parcerias Público-Privadas, pra fazer mais”, enfatizou.

O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, enfatizou que Michel Temer vai governar até 31 de dezembro e que promoverá uma transição de forma tranquila, entregando a condução do País ao próximo governante com grandes avanços. Destacou que para o efetivo crescimento econômico é necessário radicalizar nas privatizações e dar continuidade nas reformas estruturantes, com ênfase a da Previdência. “O déficit da Previdência vai aumentar R$ 50 bilhões, de 2018 para 2019. Vai fazer com que nós cheguemos a quase R$ 350 bilhões, o que significa praticamente R$ 1 bilhão por dia”, pontuou. “ O próximo presidente precisa enfrentar este tema “, disse.

Já o ministro dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, abordou o objetivo da vinda ao Estado, a obra da Ponte do Guaíba, que espera estar em funcionamento até o final deste ano, mas que depende ainda da realocação de algumas famílias e novos recursos. Com limites orçamentários, o ministério de transportes tem priorizado obras de efeitos imediatos e em, andamento avançado como parte da BR-116 e a manutenção da infraestrutura já existente . O Governo apostou no processo de concessão, a exemplo dos aeroportos, incluindo o do Salgado Filho, que estão acontecendo num ritmo satisfatório. “Ainda estão prevista a publicação para a reforma de mais 12 aeroportos em outubro entre outros processos de ferrovias, todos com a participação do setor privado.

O presidente do Sinduscon-RS, Aquiles Dal Molin Junior, afirmou que a expectativa do setor é de que as incertezas políticas acabem após as eleições. “Independente do resultado, esperamos que o próximo governante dê continuidade às reformas estruturantes tão necessárias para o crescimento econômico, a começar pela previdenciária”, enfatizou . Quanto ao pronunciamento do ministro dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, informou que é igualmente desejo do setor que com a decisão da população nas urnas, o cenário seja favorável para o retorno dos investimentos.

Registros

Alternative content

Get Adobe Flash player



Alternative content

Get Adobe Flash player

Principais serviços

Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul Rua Augusto Meyer, 146 - Porto Alegre - RS - Fone: (51) 3021-3440

Produzido por: