Acesso ao Site!

Use a barra superior para realizar o seu primeiro
login no site!

Sua mensagem foi enviada
com sucesso!

Logo entraremos em contato com você!

Sinduscon-RS

Área do associado

Fones

Ligue Agora:
Fone: (51) 3021-3440

Você esta:

Sinduscon - RSPrefeitura simplifica licenciamento de construções na Capital

Prefeitura simplifica licenciamento de construções na Capital

voltar

16

May

Prefeitura simplifica licenciamento de construções na Capital

Postado em 16 de May de 2017
Notícias  

luciano lanes

O DECRETO Nº 19.741, DE 12 DE MAIO DE 2017 de licenciamento expresso que altera parcialmente os procedimentos administrativos de aprovação e licenciamento de edificações em Porto Alegre foi assinado no dia 12 de maio, pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior. O texto estabelece alterações em dispositivos e artigos do atual decreto de licenciamento, com o objetivo de garantir celeridade na tramitação dos processos. A proposta de atualização foi apresentada pelo Escritório de Licenciamento e Regularização Fundiária (EdificaPOA) da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, sob o comando do secretário Ricardo Gomes.
Com as mudanças, a prefeitura objetiva facilitar o processo de aprovação de projetos de forma eletrônica, possibilitando que o profissional consiga emitir sua licença na hora. A proposta ainda permite o licenciamento expresso para habitação unifamiliar de natureza simples, onde o profissional tem a possibilidade de anexar um termo de compromisso junto ao projeto, declarando que os procedimentos foram realizados conforme exige a norma do município e já obtenha a permissão para construção. Esta modalidade deve desonerar a prefeitura em 30% do volume de processos, resultando na agilização da aprovação de projetos, que atualmente é de 90 dias. Outra medida que deve trazer celeridade aos procedimentos de aprovação é a unificação do processo de análise de Estudo de Viabilidade Urbanística de 1º Grau (EVU) à etapa de aprovação do projeto arquitetônico, reduzindo o tempo de avaliação, que no momento é de 120 dias.
A nova norma também permite que as edificações que não apresentarem prejuízos à estabilidade estrutural fiquem dispensadas de qualquer processo administrativo, possibilitando que os técnicos tenham autonomia e agilidade na emissão das licenças. Assim, projetos, execuções e manutenção de obras ficarão sobre supervisão dos responsáveis, cabendo à prefeitura realizar o controle dos procedimentos, conforme estabelece a legislação. A proposta também permite que os projetos caracterizados como de interesse público, sendo empreendimentos de relevante interesse social, cultural e econômico, entre outros, tenham prioridades de tramitação.
O presidente do Sinduscon-RS, Ricardo Sessegolo prestigiou o ato. Também participaram do evento o vice-presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU-RS), Alberto Cabral; o presidente da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (Asbea-RS), Paulo Henrique Rodrigues; os vereadores Valter Nagelstein, vice-presidente da Câmara Municipal, Clàudio Janta, líder do governo, e Felipe Camozatto; o presidente da Procempa, Paulo Miranda; o procurador-geral do Município, Bruno Miragem; o secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico, Leandro de Lemos; e a diretora da SMDE, Maria Cristina Cademartori.

(Fonte: PMPA – Crédito: Luciano Lanes)

Alternative content

Get Adobe Flash player



Alternative content

Get Adobe Flash player

Principais serviços

Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul Rua Augusto Meyer, 146 - Porto Alegre - RS - Fone: (51) 3021-3440

Produzido por: