Acesso ao Site!

Use a barra superior para realizar o seu primeiro
login no site!

Sua mensagem foi enviada
com sucesso!

Logo entraremos em contato com você!

Sinduscon-RS

Área do associado

Fones

Ligue Agora:
Fone: (51) 3021-3440

Você esta:

Sinduscon - RSAcidentes na construção tiveram queda de 27% em cinco anos

Acidentes na construção tiveram queda de 27% em cinco anos

voltar

23

Mar

Acidentes na construção tiveram queda de 27% em cinco anos

Postado em 23 d March d 2018
Notícias  

No quinquênio 2010/2015 (último dado disponível), o número de acidentes do trabalho na indústria da construção do País sofreu uma redução de 27%, fazendo com que o setor não ocupe mais a liderança no ranking nacional. A afirmação foi feita hoje (22/03), em Porto Alegre (RS), pelo presidente da Comissão de Política de Relações Trabalhistas da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CPRT/CBIC), Fernando Guedes, na abertura do Seminário Regional Edificar o Trabalho, realizado na sede do Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul (Sinduscon-RS). Destacou o dirigente que tal resultado é fruto do esforço de conscientização das empresas para a importância das ações de prevenção e da introdução de melhorias no ambiente do trabalho.

Já o presidente do Sinduscon-RS, Aquiles Dal Molin Junior, considera que o grande desafio a ser superado é a elevada informalidade existente na atividade construtiva, de cerca de 60%, uma vez que as boas práticas do trabalho são implementadas basicamente pelas empresas organizadas. O vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Ricardo Sessegolo, reforçou que o maior problema de acidentes na construção ainda reside nas obras informais e que uma das grandes batalhas do setor é tirar esses trabalhadores e empresas da informalidade. Por sua vez, o representante regional da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho, procurador Rogério Fleischmann, ressaltou que o foco na informalidade precisa ser priorizado, tendo em vista que a atividade precária impacta diretamente nos índices de acidentalidade e das doenças ocupacionais.

Saúde e Segurança no Trabalho Sobre o tema Saúde e Segurança no Trabalho, Aquiles Dal Molin Junior reforçou que já é cultura do Sinduscon-RS debater o tema com os representantes laborais, a fim de garantir ambientes saudáveis e seguros, valorizando o trabalhador.

Tanto o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Ricardo Sessegolo, quanto o superintendente do Sesi-RS, Juliano Colombo, destacaram a importância do evento na conscientização sobre a necessidade da segurança no trabalho. “É importante destacar que a CBIC e o Sesi estão ampliando a atuação nos Estados para atuar cada vez mais fortemente na prevenção da saúde e segurança que não se esgota”, disse Colombo.

O auditor fiscal do Trabalho, Marcelo Naegele, comentou que, apesar das discussões travadas nos últimos tempos no Rio Grande do Sul, o Ministério do Trabalho está à disposição para buscar soluções e propostas que reduzam os índices de acidentes no Estado. O procurador Rogério Fleischmann comentou que o foco da formalidade tem total apoio do Ministério Público do Trabalho.

O evento de apresentação da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes na Indústria da Construção (CANPAT Construção 2017/2018) reuniu mais de 150 participantes durante todo o dia de hoje na sede do Sinduscon-RS, entre lideranças de sindicatos patronais, de trabalhadores, empresários da construção e autoridades. A CANPAT é uma iniciativa da CBIC, por meio da sua Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT), com o Sesi Departamento Nacional e o Ministério do Trabalho, através da Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT). Objetiva combater a informalidade e fomentar a segurança, a saúde e o bem-estar do trabalhador da construção.

A programação incluiu exposição de cases sobre boas práticas desenvolvidas pelo setor da construção em todo o país em prol do trabalhador, bem como estratégias e programas do Sesi na área. No painel “Relações do Trabalho”, houve também debates sobre a “Reforma Trabalhista – Atualizações” e “e-Social – Expectativas sobre a sua implementação”, com a análise dos impactos na área de segurança e saúde.

Ainda durante o encontro, realizado pelo Sinduscon-RS, com apoio da Fiergs e da Fundacentro, Fernando Guedes entregou ao presidente do Sinduscon-RS e ao vice-presidente da Fiergs, extensivo a todo o Sistema Indústria Sesi e Senai, a estatueta símbolo da CANPAT Construção 2017/2018, em reconhecimento pela conjugação de esforços na temática de Segurança e Saúde no Trabalho no Rio Grande do Sul.

 

Crédito/fotos: Dudu Leal

 

Alternative content

Get Adobe Flash player



Alternative content

Get Adobe Flash player

Principais serviços

Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul Rua Augusto Meyer, 146 - Porto Alegre - RS - Fone: (51) 3021-3440

Produzido por: